Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... "Conquistando um Sonho" Conquistando um Sonho: Janeiro 2012
"MINHA CIRURGIA FOI DIA 6 DE MARÇO DE 2012

terça-feira, 31 de janeiro de 2012


Ontem eu fui fazer mais um exame o Eco dos membros inferiores, arterial e venoso, Graças a Deus deu tudo certo, sem risco para trombose, aproveitei e fui buscar o resultado da endoscopia, relembrando a minha endoscopia anterior deu ausência de hérnia hiatal, e o conteúdo do corpo retirado para biopsia deu gastrite crônica discreta, teste de urease negativo,  devido a esse resultado que foi pedido uma nova endoscopia após tratamento de um mês com omeprazol.

Resultado da nova endoscopia: * Pequena Hérnia hiatal ( NÃO HAVIA), Gastrite enantematosa do corpo (AGORA OUTRO TIPO DE GASTRITE). 

Estou tão preocupada, pq a biopsia ainda não ficou pronta, e lá no hospital onde vou realizar a cirurgia eles não fazem quando existe alteração nos exames, e se tiver h pylori não operam de jeito nenhum. Estou orando que seja negativo para a tal bactéria...

Essa maratona de exames, tratamentos, reuniões, está me deixando exausta, ansiosa, poxa vida, pq é tão difícil? Cada etapa que percorro é uma dificuldade, tem um obstáculo, claro que aos poucos vou superando, mas cada pedra no caminho é um tempo a mais que tenho que percorrer o caminho

JESUS, ME AJUDE A VENCER MAIS ESSA!!!

domingo, 29 de janeiro de 2012

Aniversário da minha filha!!!

Hoje minha filha mais velha está fazendo 21 anos, é um dia muito especial pra  mim, mas, infelizmente não poderei passar esse dia com ela pq ela está longe demais, na casa do pai. Tá bom! já liguei pra ela e vai ter um churrascão pra comemorar.
Mesmo estando hoje longe é motivo de felicidade e orgulho pra mim, pois o motivo dela estar lá é porque ela está fazendo faculdade, então é o mais que o suficiente para qualquer mãe se orgulhar.

FILHA, MUITAS FELICIDADES, QUE O SENHOR JESUS TE ABENÇOE A CADA DIA E QUE REALIZE OS SEUS SONHOS,
TE AMO DEMAIS!!!


12 Anos de casada!!!

Hoje também é meu aniversário de casamento, faço 12 anos de amor, felicidade e união ao lado de um homem  maravilhoso, aquele com quem eu quero passar todos os dias da minha vida, ele é um presente de Deus pra mim.

Amor EU TE AMO DEMAIS!!

Dia de Pesagem!!!


Hoje eu me pesei, emagreci mais um pouquinho, estou com 102,800, não é o que eu esperava mas já está bom afinal emagrecer é sempre melhor do que engordar né ?

sábado, 28 de janeiro de 2012

PACIENTES BARIÁTRICOS OPERADOS RECEBERÃO CARTERINHA

 Os pacientes submetidos à cirurgia bariátrica (redução de estômago) no país irão passar a receber, a Carteirinha do Paciente Bariátrico. No documento, lançado durante o XIII Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), realizado em Gramado, no mês de novembro. Na Carteirinha irá constar informações como o nome e contato do paciente, do médico, breve histórico de doenças e a técnica cirúrgica adotada. De acordo com o coordenador da comissão organizadora do Congresso e diretor do Centro de Obesidade e Síndrome Metabólica do Hospital São Lucas da PUCRS (COM\\HSL\\PUCRS), Cláudio Mottin,o documento inédito no mundo, tem como objetivo dar mais segurança aos pacientes quando eles forem atendidos por outros médico e especialidades ou emergência médica. Cerca de 60 mil pessoas deverão receber o documento no Brasil – que terá o tamanho de uma cédula de identidade (RG).

No Brasil atualmente 50 mil pessoas são operadas por ano e os pacientes que fizerem cirurgia bariátrica devem pedir o documento ao seu médico pois esta identidade, fornecida pela SBCBM, vai conter as informações sobre o procedimento, o paciente e o cirurgião responsável permitindo que este paciente ,adequadamente identificado, possa ser atendido adequadamente em hospitais e emergências qualificadas em todo o pais

Pesquisa
Em relação a pesquisa Multicêntrica Nacional em Cirurgia para Obesos Graves (AVABAR), que está sendo realizada em 8 centros brasileiros e coordenada pelo diretor do Centro de Obesidade e Síndrome Metabólica do Hospital São Lucas da PUCRS, Claudio Mottin, em parceria com o Ministério da Saúde, num prazo de dois anos, a carteirinha também irá ajudar a mapear os operados e os resultados da cirurgia bariátrica no país. "Este documento , a "carteirinha bariátrica", entra em sinergismo com a pesquisa pois a partir dele será mais fácil identificar os pacientes e fazer este mapeamento dos operados ajudando a definir as políticas públicas de prevenção e tratamento da obesidade no Brasil a que a pesquisa se propõe”, ressalta Mottin. O AVABAR é uma iniciativa do Governo Brasileiro através do Departamento de Ciência e Tecnologia (decit) e a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) apoiada pelo Ministério de Saúde, e integra o plano estratégico do atual governo federal para a saúde dos brasileiros.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Hoje acordei cedo para fazer uma faxina básica em casa, tô cansada pra caramba, ralei abessa, eliminei muitas calorias, limpei arrumei, encerei, lavei, fiz muita coisa, mais valeu a pena a casa tá com um cheirinho muito gostoso e a sensação de dever cumprido, hummmmmm é ótimaaaa!!!
A esqueci também coloquei a Tudi pra fora e arrumei um cantinho pra ela, ela é uma tartaruguinha muito fofa, além dela temos o Luck (um cachorro) e alguns peixinhos.



O almoço tava bom demais, foi preparado pelos meus filhos, foi os dois pra cozinha a Yasmim, fez o arroz e fritou os nuggets e o Bernardo  ficou no comando da salada, lavou, picou e temperou tudo direitinho, comi um arrozinho com nugget, salada de alface e pipino. Uma delícia!!!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Mais um dia de dieta, estou feliz!
Creio que logo estarei aqui contando sobre minha cirurgia, mas assim mesmo já dou Glória a Deus pelo caminho que estou percorrendo.

Tô nos preparativos para passar uns dias na praia, meu filho Bernardo (de 10 anos) ainda não conhece o mar, e está super empolgado em ir. Preciso comprar umas coisinhas pra não fazer feio, kkkkkkkkk.

Daqui a pouco vou pra piscina pegar uma corzinha, e não chegar lá branca como uma vela.

Amor, obrigada por seu carinho e paciência todos os dias. vc é maravilhoso!!!

terça-feira, 24 de janeiro de 2012


Como evitar as deficiências nutricionais no pós operatório


Para manter um bom estado nutricional após a cirurgia bariátrica, deve-se dar atenção á alguns nutrientes. Conheça-os:

- Proteínas: As proteínas são necessárias para a formação dos tecidos corporais, enzimas, hormônios, transporte de substâncias pelo sangue, entre outras. Nas refeições, deve-se dar preferência aos alimentos fonte de proteína. As proteínas estão presentes principalmente em alimentos como carnes, ovos, leites e derivados, soja, feijões, grão de bico, quinoa.

- Vitamina B12: no pós-operatório há uma produção mínima de uma substância chamada fator intrínseco que é necessária para a absorção da vitamina B12, levando á diminuição da sua absorção. A Vitamina B12 deve ser medida em exames de sangue de rotina e muitas vezes suplementada com injeções intramusculares.

- Vitamina D: é uma vitamina que freqüentemente está deficiente em pacientes obesos e tem uma função importante na saúde óssea. Ela é encontrada na gema de ovos, manteiga e peixes, mas a principal fonte é produção na nossa própria pele a partir dos raios solares. Banhos de sol pela manhã ajudam na produção desta vitamina. Mas na maioria dos casos deve ser suplementada.

- Cálcio: Outro nutriente que também é consumido e absorvido em menor quantidade. Encontrado em alimentos como leite e derivados, folhas verde escuras, gergelim e amaranto. Também necessita de suplementação na maioria dos casos.

- Zinco: mineral necessário em diversas funções no organismo e que está muito associado com a queda de cabelo intensa. Encontrado em carnes, grãos integrais, castanhas e sementes. Nos casos de deficiência deve ser suplementado.
- Tiamina (Vitamina B1): É uma vitamina necessária para o metabolismo dos carboidratos, principalmente no cérebro. Os alimentos que a possuem são carnes magras, gema de ovo e grãos integrais.

- Ferro: Mineral necessário para a formação das hemácias (células vermelhas do sangue). Sua deficiência está associada á anemia e, nestes casos, também deve ser suplementado. Alimentos como carnes, vegetais verdes escuros e feijões são fontes de ferro e devem estar na alimentação diariamente.

Escolhas alimentares e o uso da suplementação corretos no pós operatório contribuem para manter níveis adequados destes e outros nutrientes no organismo.

FONTE: Banco de Saúde

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012



Minha preparação para conquistar o meu sonho está a mil, desde que comecei o grupo, sabia que precisaria emagrecer 10% do meu peso, isso tem 6 meses, e eu não havia emagrecido nadinha, estava comendo tudo que via pela frente, sem restrição alguma, mas esse mês quando fui ao endócrino, ele foi categórico, disse que se eu não emagrecer eu não opero de jeito nenhum, fiquei, super desesperada, preciso emagrecer, pq agora depende de mim, é tão pouquinho para eu perder aquilo que venho conquistado com tanto sacrifício, então arregacei as mangas e simbora em emagrecer....

Está difícil. mas sei que não é impossível, então estou fazendo a dieta direitinho, e baixando os ponteirinhos, acho que esse mês vai dar para emagrecer os cinco quilos que restam e então ser feliz!!!

Minha próxima consulta é em fevereiro, quando fui em janeiro já tinha 4 pessoas para a cirurgia de março, o cirurgião opera de 4 a 5, queria muito entrar na galera de março já que meu niver é em março seria um presente e tanto.

Hoje meu filho me entregou uma promessa de Deus, fiquei muito feliz, Ele mandou me dizer que eu parasse de pensar que não vai dar certo e que meu dia seria 13. Creio que essa promessa é quanto minha cirurgia, então será 13 de março? 13 de abril? não sei, mas confio no Senhor plenamente...

domingo, 22 de janeiro de 2012


Estou me preparando para a cirurgia bariátrica.

Desde fevereiro de 2010 decidi que iria realizar a cirurgia, então comecei a fazer os exames, correr atrás dos médicos, estava fazendo tudo pelo Convênio Gama da Aeronáutica, mas quando fui pedir a autorização para a ciru. eles me encaminharam para o HFAG (Hospital da Força Aérea do Galeão) No Rio de Janeiro, fui bem desconfiada e decidida a não fazer a cirurgia por lá e tb brigar para decidi onde queria.

Mas , chegando lá o assunto foi outro, fui tomada por algo maior do que minhas forças, desde Julho estou no programa do HFAG, e muito feliz com minha decisão de operar lá, tem excelentes profissionais, tenho ido as reuniões do grupo todos os meses. já estou na reta final e me preparando definitivamente para minha tão sonhada gastroplastia.

Essse fiz tive que refazer a endoscopia, ecocardiograma, rx do tórax. ultrassonografia abdominal, e alguns exames de sangue, agora só resta realizar o eco dos membros inferiores.

Em fevereiro tenho nova consulta no endócrino e espero sair do HFAG com minha tão sonhada data...

sábado, 14 de janeiro de 2012


PILL FOOD
"O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário à informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto" RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58."
Indicações:
- Reduz a queda de cabelos
- Fortalece os cabelos
- Acelera o crescimento dos fios
- Beneficia pele e unhas

Pill Food é um suplemento alimentar, composto de proteínas, minerais e vitaminas que entram na formação do cabelo, com benefícios à pele, unhas e cabelos. Além de conferir o aumento da imunidade ao organismo, e maior disposição. Reduz bastante a queda e diminui consideravelmente unhas lascadas e quebradas.
Venda mediante prescrição do profissional habilitado.
"Não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um especialista".


 
1. Por ser um suplemento nutricional, observar se já toma algum outro composto vitamínico.
2. Nunca compre medicamento/cosmético sem orientação de um profissional habilitado.
3. Imagens meramente ilustrativas.
4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
5. Não use o cosmético com o prazo de validade vencido.
6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o produto se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
7. Todo medicamento/cosmético deve ser mantido fora do alcance das crianças.
8. Recomendamos a utilização do produto para pacientes de idade adulta.
9. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO"
 
“Para sua segurança, nosso estabelecimento possui procedimento padronizado para entrega de medicamentos, para garantir que você o receba com a mesma qualidade com a qual foi elaborado” Todo medicamento acompanha informativo com orientações, em caso de duvidas entre em contato através do e-mail virtual@farmaciatupa.com.br, ou telefone (11) 3383-9400 que nossa equipe de especialistas terá prazer em auxiliar.
Tomar 1 cápsula 2 vez ao dia.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

13 dicas para ter cabeça de magra!

1. Mude seu pensamento: Pense em saúde não em dieta, assim você estará fazendo escolhas alimentares melhores, se cuidando e, o emagrecimento será consequencia dessas escolhas.
2. Tente pensar nos alimentos de forma igual, por exemplo: Maçã e chocolate…um não é melhor ou mais gostoso que o outro, são alimentos diferentes, cada um com sua textura e sabor, quando se esta com vontade de maçã, o chocolate não serviria e, vice-versa. Mudar a relação com eles, o melhor é aquele que estamos querendo naquele momento!
3. Tire da mente a palavra “proibido”. A proibição leva à compulsão, se perceber, ninguém tem compulsão por cenoura, alface, tomate, maçã, etc.As compulsões sempre são de massas, pães, doces, chocolates…os alimentos ditos “proibidos”.
4. Comer é sinônimo de prazer, então faça com que este prazer seja real. Se vc engole a comida rapidamente não sente o sabor do alimento que vc escolheu, coma devagar,saboreando…tente acertar que temperos foram usados, se a temperatura do alimento esta a seu agrado, além de que, devagar dará tempo de seu cérebro te avisar se voce já está satisfeita.
5. Não deixe que a comida seja o único prazer em sua vida! Muitas vezes comemos sem nescessidade procurando uma sensação de bem-estar. Arranje outros prazeres, faça mais coisas de que gosta. Agrade-se! Assim,você usará a comida apenas para matar a fome, consequentemente, emagrecerá!
6. Escolha as roupas que vai usar no dia, combine cores, tecidos e modelos. Não use a primeira que estiver em sua frente, nunca fique “largada”. Sinta-se mais bonita, arrumada mesmo estando acima do peso. Só emagrece quem se gosta!
7. Lembre-se sempre!! VOCÊ NÃO É QUALQUER PESSOA PARA COMER QUALQUER COISA, seja mais exigente,você merece!
8. Comece a praticar algum esporte, exercicio fisico ou caminhada. Quando sentimos que estamos nos cuidando, nossa auto-estima aumenta ajudando a nos cuidar cada vez mais, mas escolha uma atividade física que te de prazer! Será um prazer a mais que você não procurará na comida, além de ajudá-la a emagrecer.
9. Preste atenção em si mesma e valorize-se em outros aspectos como a personalidade, suasqualidades como pessoa, as partes do corpo de que gosta e procure tê-las em mente. Isso te dará ânimo, força, auto-estima e, auto-confiança quando se sentir desanimada para se cuidar, para continuar a emagrecer e alcançar seu objetivo!
10. Não se culpe quando tiver algum comportamento que não deseja, como comer demais. Perdoe-se e procure aprender com a experiência para não repeti-la mais tarde. Culpar-se, xingar-se, não vai resolver este problema, só faz com que você abaixe ainda mais a sua auto-estima, fazendo com que você se sinta mal e, provavelmente, procurará consolo em mais alimentos “gostosos”. Saia desse circulo vicioso se tratando bem, com mais paciencia e carinho.
11. Não deixe que sua alimentação funcione no automático, crie consciência de seus comportamentos alimentares. Sempre pense antes de comer: se é fome, o que quer comer, o quanto vai comer…não coma só porque te ofereceram, ou só porque outros estão comendo, ou porque você come todo dia aquele horário, enfim…ter a consciência do que e quanto come depende de você!
12. Esta é importante: Não beliscar…sempre que vc quiser comer algo,além de se perguntar antes se é fome e, o que vai escolher,visualize seu prato…não importa o que seja, já que nada é proibido, mas nosso cérebro tem que ver o que e quanto vamos comer para se sentir satisfeito. Parece estranho,mas se você pega um pedacinho de queijo, uma bolachinha, depois de um tempo, uma azeitona, etc. Ao final de uma tarde, você ainda não sente que comeu muito, pois seu cérebro não visualizou uma quantidade, fica “parecendo” que você não comeu nada! E você ainda vai jantar normalmente…Comece a fazer assim, quando quiser comer pegue um prato e coloque tudo o que pretende comer, colocando a bolacha, o queijo, a azeitona,e etc…você visualiza a quantidade e seu cérebro registra que você comeu e, que talvez você perceba que já foi suficiente e mude seu jantar ou nem precise dele. Registrado e você estando satisfeita, evita comer em excesso…e, emagrece!
13. Se você já tentou várias dietas e “fracassou”, ou porque nem chegou a seu objetivo, ou porque chegou e voltou a engordar, aprenda a lidar com este sentimento e use-o a seu favor, para te ajudar a emagrecer definitivamente: Se voce fracassou, não significa que você tem falta de capacidade… Significa que você deve fazer algo de modo diferente. Não significa que você é inferior… Significa que você não é perfeito, ninguém é perfeito, todos erram, fracassam. Não significa que você desperdiçou sua vida… Significa que você tem motivos para começar de novo. Fracasso não significa que você deve desistir… Significa que deve lutar com maior afinco. Se conheça, aprenda com os erros, não se recrimine, se trate bem, se dê chances, preste atenção a seus comportamentos para poder fazer escolhas melhores, que tenham mais a ver com você e, com o que você quer da vida e das outras pessoas. Não dê tanta importância a possíveis críticas, ao que as pessoas podem falar de você e de suas atitudes. Siga seu coração. Através do auto-conhecimento podemos sim prever os possíveis fracassos e, fazer opções melhores, a nosso favor.
Redescoberta do sabor. Um dos piores hábitos praticados à mesa é o de “mascarar” o verdadeiro sabor dos alimentos. Ex.: colocar açúcar no suco de laranja, ou encher de catchup, shoyo, mostarda e outros condimentos o prato de comida. Talvez seja um dos aprendizados mais difíceis saber distinguir o sabor original. Tente. Você não vai apenas descobrir o que realmente gosta, mas também treinar o paladar, o que lhe dará poder e controle sobre o que come, ajudando a emagrecer.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Apresentação de Pantogar

Cx com 30 ou 90 cáps.

Pantogar - Indicações


Perda difusa de cabelos (perda de cabelo por razões desconhecidas). Alterações degenerativas na estrutura de cabelo (cabelo enfraquecido, fino, não maleável, quebradiço, sem vida, opaco e sem cor), cabelos danificados pela luz do sol e radiação UV, prevenção do aparecimento de fios brancos. Desordens no crescimento das unhas (unhas quebradiças, rachadas e pouco maleáveis).

Contra-indicações de Pantogar

Hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Advertências

Uma vez que a formação dos cabelos ocorre lentamente, é importante tomar Pantogar regularmente na dose prescrita por um período de 3 a 6 meses para garantir o sucesso do tratamento. Pantogar não é indicado para alopécia cicatricial ou androgenética/convencional (calvície masculina). Entretanto, nestes casos, Pantogar pode fortalecer os cabelos remanescentes. A alopécia cicatricial se caracteriza pela ausência ou diminuição definitiva dos pêlos, podendo ser causada por traumas, queimaduras químicas ou físicas, infecções por fungos, bactérias, vírus ou outros parasitas, câncer interno e doenças, tais como: líquem plano pilar, lupus eritematoso, esclerodermia, mucinose folicular. Se os sintomas persistirem ou se o objetivo do tratamento não for alcançado, consulte seu médico.

Uso na gravidez de Pantogar

Recomenda-se que Pantogar seja utilizado apenas na segunda metade da gestação. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Lactação - Não são conhecidas restrições para o uso do produto durante a lactação.

Interações medicamentosas de Pantogar

Não são conhecidos relatos de interação de Pantogar com outros medicamentos, alimentos, tabaco ou álcool. Entretanto, caso tenha sido tratado com um medicamento que contenha uma sulfonamida (por exemplo: sulfabenzamida, sulfacetamida, sulfacloropiridazina, sulfacrisoidina, sulfadiazina, sulfametoxazol), informe seu médico antes de usar Pantogar.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Pantogar

Foram relatados raros casos de reações de intolerância ao medicamento, tais como: aumento repentino do suor, pulso acelerado, reações dermatológicas como coceira e urticária ou desconforto gastrointestinal como queimação, náuseas, gases e dor abdominal.

Pantogar - Posologia

Se não houver orientação médica contrária, seguir exatamente a dosagem abaixo: Adultos: 1 cápsula, 3 vezes ao dia, por via oral. Crianças maiores de 12 anos de idade: 1 a 2 cápsulas ao dia, de acordo com a idade, por via oral. A duração média do tratamento é de 3 a 6 meses. Se necessário, o tratamento pode ser continuado ou repetido.



quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Em breve terei meu antes e depois postado bem aqui...

Aguardo ansiosa por esse dia!!!

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Seguimento Pós-Operatório

Os retornos com o cirurgião são feitos da seguinte maneira:

- Sete (07) dias após a cirurgia para retirar pontos e dreno. Prescrição de medicações como inibidores de bomba de prótons para evitar úlceras e suplementos nutricionais;

- Trinta (30) dias de pós-operatório para aferição de peso, avaliação da evolução da dieta e liberação para exercícios físicos no caso de cirurgia laparoscópica;

- Retornos com 3, 6, 9 e 12 meses no primeiro ano para exames laboratoriais, aferição do peso e de principais queixas, além de reposição de vitaminas e minerais se necessário. Nos retornos de 6 e 12 meses realizamos exames de ecografia abdominal para avaliação de possível colelitíase (pedra na vesícula biliar) e gordura (esteatose) hepática e endoscopia digestiva alta para avaliar o reservatório gástrico (pouch) e a existência ou não de úlcera péptica.

- Retornos semestrais a partir do segundo ano de pós-operatório.

Retorno ao trabalho e atividades habituais:

No caso de cirurgia laparoscópica, o retorno ao trabalho se dá em 15 dias, atividades de academia e exercícios aeróbicos em 30 dias e no caso da cirurgia aberta é dependente de cada paciente, mas sempre com tempo de retorno mais demorado.

Gestação:

É extremamente recomendado que mulheres em idade fértil usem métodos anticoncecpcionais nos primeiros 18 meses após a cirurgia, afim de evitar danos ao seu próprio corpo e ao feto em decorrência de carências vitamínicas e minerais.

domingo, 8 de janeiro de 2012

Dieta Pós-Operatória

Durante o primeiro mês o paciente deve passar por dieta líquida, seguida de dieta pastosa, conformeorientação da Nutricionista. O uso de alimentos sólidos precocemente pode forçar os pontos que são dados no estômago, fazendo com que estes se rompam, aumentando o tamanho do reservatório gástrico, ou até vazamentos do estômago, predispondo complicações graves ou dificultando a perda de peso.

MODELO DE ROTINA ALIMENTAR

Pós-operatório imediato

Entre 24 e 48 horas após a operação já são introduzidos líquidos em pequena quantidade. Podem ser oferecidos água de coco, chás, suco de lima e água em quantidades que variam de 50 a 100 ml. O paciente deverá ingerir em pequenos goles e progredir até sentir-se apto a tomar maiores quantidades.

Período 1 - Dieta líquida: Nos primeiros 15 dias, o paciente deve ingerir exclusivamente líquidos, aproximadamente 100 a 200 ml por refeição. O tipo de líquido deve conter uma quantidade razoável de nutrientes, devendo para isso ser bastante variada. Pode-se tomar chás, leite desnatado, iogurte light, sucos de frutas ou vegetais (cenoura, tomate, beterraba), sopas (de verduras, frango ou carne), mingaus, gelatinas, etc. É importante que a dieta seja fracionada por todo o dia, de forma que não sinta fome entre as refeições, nem sobrecarregue o estômago em uma única tomada.

Período 2 - Dieta Pastosa – Purê: Esta fase se inicia no 15o dia pós-operatório para a banda, e no 30º para a cirurgia de redução. As refeições com consistência semelhante à de purê devem ser tomadas em pequena quantidade. Sucos e chás devem complementar a alimentação diária, com os líquidos sendo administrados nos intervalos entre as refeições. A quantidade total de líquidos administrados a cada dia deve ser de pelo menos 1500 ml, divididos em várias tomadas - 200 a 300 ml.

Período 3 - Alimentos de fácil mastigação: Refeições de consistência normal já podem ser introduzidas na dieta apos 30 dias. As porções devem, contudo, ser mantidas pequenas, e os líquidos tomados apenas nos intervalos das refeições.

É extremamente importante mastigar os alimentos até que estes se encontrem completamente triturados, quando então podem ser engolidos. As refeições devem ser feitas em 3 a 5 horários diferentes, mantendo-se variantes de baixo teor calórico e alto teor protéico. Devido a sua consistência muito dura deve-se evitar alimentos grelhados e assados, dando-se preferência aos cozidos.

Período 4 - Comer com calma e mastigar bem os alimentos: Nesta fase cada um pode fazer seu próprio cardápio, dentro dos princípios básicos de ingerir alimentos de baixo teor calórico. Seu início é variável e depende da aceitação do paciente. A mastigação lenta, e a tomada de pequenos bolos a cada vez, É bom lembrar que a saciedade será maior com alimentos sólidos e, como o que pretendemos é diminuir a ingesta para perder peso, as refeições devem basear-se em alimentos "mastigáveis".

Cabe ainda salientar que o açúcar e o álcool são os grandes inimigos da perda de peso. Para promovermos grandes resultados é importantíssimo que sejam utilizados alimentos sem açúcar, principalmente durante o primeiro ano. Após a fase de adaptação, o paciente vai aprendendo a interpretar os sinais de seu estômago e a conhecer aqueles alimentos mais toleráveis.

sábado, 7 de janeiro de 2012

Potenciais Complicações

Como todo procedimento cirúrgico, a cirurgia de obesidade PODE apresentar riscos. Essas complicações são muito menos freqüentes nos dias de hoje devido à melhoria dos instrumentais cirúrgicos e dos grampeadores, melhoria das habilidades técnicas do cirurgião, equipe multidisciplinar mais engajada e experiente, além do melhor preparo do paciente no pré-operatório. Mesmo assim, complicações podem ocorrer.

A seguir listamos as principais:

- Atelectasia do pulmão e pneumonia;
- Trombose venosa profunda;
- Embolia pulmonar;
- Hemorragias;
- Hérnias incisionais e internas;
- Infecção de ferida operatória;
- Úlceras e estenoses da anastomose do estômago com o intestino;
- Fístulas das anastomoses;
- Anemias;
- Desnutrição;
- Perda de peso insuficiente;
- Diarréia e evacuações com gases fétidos;
- Pedras na vesícula biliar.

Todas essas complicações ocorrem em uma incidência MUITO PEQUENA, mas devem ser sempre esclarecidas para o paciente e seus familiares.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Redução do Estômago - Bypass

É um procedimento misto, ou seja, combina a restrição alimentar com a disabsorção intestinal. É conhecida tecnicamente como cirurgia de Fobi-Capella.

É realizado o grampeamento do estômago criando um reservatório de aproximadamente 50 ml e o desvio de cerca de 2 metros do intestino delgado (fino).

Ocorre a restrição da quantidade de alimento que o paciente pode ingerir e também o retardo da mistura desse alimento com os sucos digestivos (bile e suco pancreático) para evitar a absorção calórica completa.

Essa cirurgia é o procedimento de escolha e padrão para a perda de peso, além de ser o mais realizado atualmente.

Vantagens:

Perda de peso adequada e duradoura na maioria dos pacientes;

Melhora de cerca de 96% das doenças associadas à obesidade como hipertensão arterial, diabetes tipo II (84%), apnéia do sono (ronco), dor nas costas e pernas (artropatias), dislipidemia (colesterol e triglicerídeos) e da depressão;

Após 1 ano da cirurgia, os pacientes perdem em média 35-40% do seu peso.



quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Bandagem Gástrica Ajustável
É a colocação de uma prótese de silicone em forma de banda em volta da parte de cima do estômago, criando um estreitamento e consequentemente um reservatório de cerca de 30ml

Vantagens:
Diminui a ingestão de alimento pelo paciente;
A absorção dos nutrientes não é alterada;
A banda pode ser ajustada para aumentar ou reduzir a quantidade de alimentos consumidos pelo paciente através do reservatório (portal) da banda localizado embaixo da pele.

Desvantagens:
Entrada (migração) para dentro do estômago;
Vazamento e infecção do portal;
Pode não oferecer sensação de saciedade suficiente e o paciente não perder muito peso;
Dilatação do reservatório gástrico;
Refluxo para o esôfago;
Falha na perda de peso em pacientes comedores de doces e alimentos hipercalóricos.
Gastrobeso

Gastrobeso

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Preparo Pré-Operatório

Avaliações Especializadas: Cirurgião, Endocrinologista, Psiquiatra ou Psicólogo(a) e Nutricionista.

- Exames laboratoriais:

• Hemograma;
• Eletrólitos ;
• Coagulograma;
• Glicemia;
• Perfil lipídico;
• Enzimas hepáticas;
• Uréia e Creatinina;
• Insulinemia;
• Cortisol;
• Ácido úrico;
• Albumina;
• Ácido fólico;
• Vitamina B12;
• Ferro;
• Ferritina;
• TSH;
• T4 livre;
• PTH;
• 25 (OH) vitamina D3;
• Cálcio urinário 24 horas;
• Sorologias para hepatite B,C e HIV;
• B-HCG para mulheres em idade fértil.

- Exames complementares:

• Eletrocardiograma;
• Radiografia de Tórax;
• Ecografia Abdominal;
• Endoscopia Digestiva Alta (com pesquisa de Helicobacter pylori).

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Indicações Cirúrgicas


IMC > 40, independentemente da presença de comorbidades;
IMC entre 35 e 40 na presença de comorbidades;
IMC entre 30 e 35 na presença de comorbidades que tenham obrigatoriamente a classificação “grave” por um médico especialista na respectiva área da doença. Também obrigatória a constatação de “intratabilidade clínica da obesidade” por um(a) Endocrinologista.

* baseado no Primeiro Consenso Bariátrico Brasileiro.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012



O que é gastroplastia

As intervenções para reduzir a obesidade variam desde dieta, atividade física e outras modificações no estilo de vida, até remédios e gastroplastia, também conhecida como cirurgia bariátrica ou de redução de estômago.

Pesquisas mostram que a eficiência a curto e longo prazo varia para cada tipo de intervenção. Além disso, mesmo os remédios e gastroplastia requerem uma combinação de exercícios físicos, dieta e mudanças no estilo de vida para serem otimamente efetivos.

Como é feita a gastroplastia

A gastroplastia envolve vários tipos de cirurgia. Essas cirurgias visam ou a restrição do volume de alimento que pode ser ingerido ou diminuição na absorção dos alimentos. Nas cirurgias que visam a restrição, é limitado o fluxo de alimentos através do trato digestivo ao fechar parte do estômago e limitar a quantidade de comida que pode ser contida no estômago por vez. Os tipos de gastroplastia que visam diminuir a absorção dos alimentos previnem que o intestino absorva completamente as comidas.

Todos os tipos de gastroplastia requerem que depois da operação o paciente esteja comprometido com dieta e mudanças no estilo de vida, assim como possivelmente usar suplementos nutricionais, para que o emagrecimento seja mantido e evitar as conseqüências adversas relacionadas à má-absorção.

Resultados potenciais da gastroplastia

A redução de peso obtida pela gastroplastia é tipicamente de 20 kg ou mais. Os benefícios da gastroplastia incluem redução em fatores de risco para mortalidades decorrentes de diabetes, hipertensão, doença cardíaca e certos tipos de câncer.

Adicionalmente, muitos pacientes relatam melhoria na qualidade de vida, mais mobilidade, melhor humor e auto-estima. Apesar desses resultados potenciais, a gastroplastia somente é indicada no caso dos benefícios potenciais superarem os riscos da cirurgia.